Em meio à pandemia de Covid-19 e a expectativa de um meio de imunização contra a doença, a corrida das vacinas se intensifica. Sejam elas de origem chinesa, estadunidense e russa. Estes são os principais países que concorrem para ver quem será o primeiro a lançar o produto no mercado. Entretanto, as ondas de terraplanismo, fake news e negação da ciência fazem surgir movimentos contrários a imunização.

Mas são justamente as vacinas as responsáveis pela erradicação de uma série de doenças no Brasil, que agora, podem voltar justamente por conta dos movimentos antivacina. Entre elas estão o Sarampo, a Poliomielite, a Rubéola e a Difteria e a ausência desta imunização pode gerar, aos pais, responsabilidades jurídicas, como por exemplo, acusação de negligência. Além disso, o Estatuto da Criança e do Adolescente prevê uma multa de três até 20 salários mínimos pela não vacinação obrigatória dos filhos.

Mas quais são as vacinas obrigatórias no Brasil? Confira a lista.

:: CRIANÇAS:: 

..Ao Nascer..

BCG (Bacilo Calmette-Guerin) – (previne as formas graves de tuberculose, principalmente miliar e meníngea) – dose única – dose única

Hepatite B–(previne a hepatite B) – dose ao nascer

..2 meses..

Penta (previne difteria, tétano, coqueluche, hepatite B e infecções causadas pelo Haemophilus influenzae B) – 1ª dose

Vacina Poliomielite 1, 2 e 3 (inativada) – (VIP) (previne a poliomielite) – 1ª dose

Pneumocócica 10 Valente (conjugada) (previne a pneumonia, otite, meningite e outras doenças causadas pelo Pneumococo) – 1ª dose

Rotavírus humano (previne diarreia por rotavírus) – 1ª dose

..3 meses..

Meningocócica C (conjugada) – (previne Doença invasiva causada pela Neisseria meningitidis do sorogrupo C) – 1ª dose

..4 meses..

Penta (previne difteria, tétano, coqueluche, hepatite B e infecções causadas pelo Haemophilus influenzae B) – 2ª dose

Vacina Poliomielite 1, 2 e 3 (inativada) – (VIP)  (previne a poliomielite) – 2ª dose

Pneumocócica 10 Valente (conjugada) (previne pneumonia, otite, meningite e outras doenças causadas pelo Pneumococo) – 2ª dose

Rotavírus humano (previne diarreia por rotavírus) – 2ª dose

..5 meses..

Meningocócica C (conjugada) (previne doença invasiva causada pela Neisseria meningitidis do sorogrupo C) – 2ª dose

..6 meses..

Penta (previne difteria, tétano, coqueluche, hepatite B e infecções causadas pelo Haemophilus influenzae B) – 3ª dose

Vacina Poliomielite 1, 2 e 3 (inativada) – (VIP) – (previne poliomielite) – 3ª dose

..9 meses..

Febre Amarela – uma dose (previne a febre amarela)

..12 meses..

Tríplice viral (previne sarampo, caxumba e rubéola) – 1ª dose

Pneumocócica 10 Valente (conjugada) – (previne pneumonia, otite, meningite e outras doenças causadas pelo Pneumococo) – Reforço

Meningocócica C (conjugada)(previne doença invasiva causada pela Neisseria meningitidis do sorogrupo C) – Reforço

..15 meses..

DTP (previne a difteria, tétano e coqueluche) – 1º reforço

Vacina Poliomielite 1 e 3 (atenuada) (VOP) – (previne poliomielite) – 1º reforço

Hepatite A – uma dose

Tetra viral – (previne sarampo, rubéola, caxumba e varicela/catapora) – Uma dose

..4 anos..

DTP (Previne a difteria, tétano e coqueluche) – 2º reforço

Vacina Poliomielite 1 e 3 (atenuada) (VOP) – (previne poliomielite) – 2º reforço

Varicela atenuada (previne varicela/catapora) – uma dose

Crianças de 6 meses a 5 anos (5 anos 11 meses e 29 dias) de idade deverão tomar uma ou duas doses da vacina influenza durante a Campanha Anual de Vacinação da Gripe

:: ADOLESCENTES:: 

..Meninas entre 9 e 14 anos…

HPV (previne o papiloma, vírus humano que causa cânceres e verrugas genitais) – 2 doses (seis meses de intervalo entre as doses)

..Meninos entre 11 e 14 anos..

HPV (previne o papiloma, vírus humano que causa cânceres e verrugas genitais) – 2 doses (seis meses de intervalo entre as doses)

..11 a 14 anos..

Meningocócica C (conjugada) (previne doença invasiva causada por Neisseria meningitidis do sorogrupo C) – Dose única ou reforço (a depender da situação vacinal anterior)

..10 a 19 anos..

Hepatite B – 3 doses (a depender da situação vacinal anterior)

Febre Amarela – 1 dose (a depender da situação vacinal anterior)

Dupla Adulto (dT) (previne difteria e tétano) – Reforço a cada 10 anos

Tríplice viral (previne sarampo, caxumba e rubéola) – 2 doses (de acordo com a situação vacinal anterior)

Pneumocócica 23 Valente(previne pneumonia, otite, meningite e outras doenças causadas pelo Pneumococo) – 1 dose (a depender da situação vacinal anterior) – (está indicada para população indígena e grupos-alvo específicos)

:: ADULTOS :: 

..20 aos 59 anos..

Hepatite B – 3 doses (a depender da situação vacinal anterior)

Febre Amarela – dose única (a depender da situação vacinal anterior)

Tríplice viral  (previne sarampo, caxumba e rubéola) – Verificar a situação vacinal anterior, se nunca vacinado: receber 2 doses (20 a 29 anos) e 1 dose (30 a 49 anos);

Dupla adulto (dT) (previne difteria e tétano) – Reforço a cada 10 anos

Pneumocócica 23 Valente (previne pneumonia, otite, meningite e outras doenças causadas pelo Pneumococo) – 1 dose (Está indicada para população indígena e grupos-alvo específicos)

:: IDOSOS :: 

..60 anos ou mais..

Hepatite B – 3 doses (verificar situação vacinal anterior)

Febre Amarela – dose única (verificar situação vacinal anterior)

Dupla Adulto (dT) – (previne difteria e tétano) – Reforço a cada 10 anos

Pneumocócica 23 Valente (previne pneumonia, otite, meningite e outras doenças causadas pelo Pneumococo) – reforço (a depender da situação vacinal anterior) – A vacina está indicada para população indígena e grupos-alvo específicos, como pessoas com 60 anos e mais não vacinados que vivem acamados e/ou em instituições fechadas.

Influenza – Uma dose (anual)

:: GESTANTES :: 

Hepatite B – 3 doses (a depender da situação vacinal anterior)

Dupla Adulto (dT) (previne difteria e tétano) – 3 doses (a depender da situação vacinal anterior)

dTpa  (Tríplice bacteriana acelular do tipo adulto) – (previne difteria, tétano e coqueluche) – Uma dose a cada gestação a partir da 20ª semana de gestação ou no puerpério (até 45 dias após o parto).

Influenza  – Uma dose (anual)

Clique aqui para conferir todas as vacinas disponíveis no Programa Nacional de Imunização no Site do Ministério da Saúde e o seus respectivos calendários, inclusive para a população indígena

Para quem deseja saber mais sobre o tema, a Organização Panamericana de Saúde possuí uma cartilha, disponibilizada em formato eletrônico, que detalhe a importância dos programas de imunização. Clique aqui para visualizar.

Com informações dos sites do Ministério da Saúde, BBC e Agência Brasil. |  Foto: Ascom / PMPA / Fotos Públicas

Compartilhe