O Instituto Declatra promoveu, nesta segunda-feira (27), uma nova ediçã do Pensando Bem Ao Vivo. O advogado e diretor do iDeclatra, Ricardo Mendonça conversou com o conselheiro da organização Human Rights Watch, Augusto Botelho. Eles analisaram o punitivismo e a desigualdade social no Brasil.

“Quando vemos refletido na Justiça (criminal), eu imagino a desigualdade mais gritante na seletividade do acesso do que na prestação jurisdicional. Não que não haja um possível, em determinados casos e crimes, o reflexo desta igualdade nesta sentença onde há evidentemente um corte de classe social, raça e gênero. Mas o que eu vejo com maior facilidade é o reflexo no acesso à Justiça. Creio que este é um dos principais problemas do sistema criminal, com pobres e ricos acessando de forma diferente”, apontou Botelho.

O programa de entrevistas que surgiu a partir do quadro “Pensando Bem”, com pequenos drops de análise informativas e divulgado pelas mídias sociais, agora transformou-se em um quadro que trará grandes nomes para debater temas da atualidade. A importância da defensoria pública, o punitivismo penal, os problemas no sistema de justiça criminal, o lavajatismo no Brasil e muitos outros temas você confere em nosso perfil do Instagram clicando aqui.

:: Nos siga também nas mídias sociais: 

– Instagram
– Facebook
– YouTube

Compartilhe